Número total de visualizações de página

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

A casa de Paulo Hartung (PMDB)

Principal destino dos milionários capixabas, a região das montanhas concentra as grandes mansões do Espírito Santo. Em meio à paisagem paradisíaca de Pedra Azul que, segundo estudos da Organização das Nações Unidas (ONU), tem o terceiro melhor clima do mundo, uma casa que combina estruturas metálicas e vidros se destaca em relação às demais construções – igualmente luxuosas. A mansão localizada no condomínio “Villaggio Verdi” – um dos mais badalados das montanhas capixabas – pertence ao ex-governador
Paulo Hartung (PMDB), mas o imóvel foi omitido de sua declaração de bens entregue este ano à Justiça Eleitoral.
O terreno foi adquirido pelo candidato ao governo e sua mulher, a psicóloga Cristina Gomes, em agosto de 2011. A área está registrada na matrícula 11.562, na página 26 do Livro nº 2-AB.2, do Cartório do 1º Ofício de Domingos Martins. Consta no registro oficial que o terreno com área de 2.112,07 metros quadrados, situado no setor E do condomínio, foi comprado pelo casal Hartung e Cristina por R$ 160 mil no dia 02 de agosto de 2011. A unidade pertencia à empresa LDG Construtora e Incorporadora Ltda, responsável pelo empreendimento imobiliário. (Clique aqui e veja a íntegra do documento)
Apesar de fazer parte do seleto grupo de donos de mansões na região, o ex-governador omitiu de sua declaração de bens não apenas a aquisição do terreno, mas também a construção do imóvel, que sequer foi averbado junto ao cartório. Fontes do mercado imobiliário consultados pela reportagem de Século Diário estimam que o valor da casa do ex-governador supere em muito a casa dos R$ 2 milhões. Esse é o preço mínimo dos imóveis na valorizada região. Em alguns casos, o valor de algumas mansões pode ultrapassar facilmente a casa dos R$ 10 milhões, dependendo do tamanho e a localização do imóvel.


Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola