Número total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de abril de 2015

IRS 2015 - DESPESAS DE SAÚDE


Meus amigos leiam isto não ignorem é muito importante, reenviem . Vejam mais mais uma da CORJA que nos governa da sustrice que 50%  de Portugueses  dos que votaram  escolheram em 2011.

Exmo. Senhor Presidente, Exma. Senhora Ministra das Finanças, Exmos. Senhores Deputados,

Ao consultar a página de um contribuinte na aplicação e-fatura do portal das finanças, verifiquei que as faturas com despesas de medicamentos com taxa de IVA de 23%, mas com receita médica, estavam considerados como OUTROS em vez de saúde, e como tal não dedutíveis nas despesas de saúde como SEMPRE ACONTECEU.

Estranhando tal facto e pensando tratar-se um erro, coloquei a questão à Autoridade Tributária através do e-balcão.

Recebida a resposta dada por aquela entidade, que envio em anexo, fiquei profundamente indignado porque nunca vocês, que participaram em tal malfeitoria aos portugueses em geral e aos mais idosos em particular, tiveram a coragem de abertamente denunciar tal facto.

Conforme está escrito preto no branco no documento em anexo, as despesas com a saúde com IVA que não seja isento ou taxa reduzida de 6%, mesmo que receitados por um médico, não são dedutíveis na parcela da saúde, mas sim nas despesas familiares (junto com o arroz e o vinho).
Como sabem, esta parcela tem o limite de 250 Euros anuais por contribuinte a que corresponde uma despesa familiar para este contribuinte de 715 Euros anuais, estando aqui incluídas todas as despesas do lar excluindo restaurantes, hotéis, cabeleireiros e barbeiros, reparações de automóveis ou motas ou bicicletas, porque estas são efetivamente as despesas essenciais da comum família portuguesa e como tal devem ser protegidas.

Está claro que me apetece dizer besteira quando ouço deputados e apoiantes dos atuais governantes a dizerem que criaram um IRS amigo das famílias e que vai beneficiar os portugueses.

Já mediram bem o significado das vossas ações e afirmações? Será que para vocês, família são só aquelas que têm filhos?

Aqueles que, infelizmente, não são saudáveis e têm que recorrer a cuidados médicos e medicamentosos, estão a mais segundo o vosso critério.

Uma verdadeira vergonha aquilo que fizeram e que lamentavelmente os órgãos de comunicação abafaram.

Será que algum de vocês vai ter a dignidade de esclarecer aberta e frontalmente os portugueses sobre o que está encapotado com a nova forma de IRS 2015 e assim contribuir para uma não mentirosa campanha eleitoral?

Atentamente,

Joaquim Eurico Ferreira


PS – Vou dar conhecimento desta vergonha a todos os meus contactos para saberem com o que vão contar no IRS no próximo ano

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola