Número total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de março de 2017

Concorrência 'arrasa' mercado do gás e lança farpas aos vendedores

Num relatório extenso, pedido pelo Secretário de Estado da Energia, a Autoridade da Concorrência fala em "barreiras à entrada", "facilidade de colusão" e "exercício de poder" por parte das marcas que comercializam o gás engarrafado.

Segundo o estudo, "identificam-se um conjunto de características da indústria suscetíveis de facilitar a colusão (mesmo que tácita), nomeadamente a concentração elevada, a homogeneidade de produto, a transparência do mercado e monitorização entre operadores, a estrutura de custos potencialmente simétrica, dominada por um input comum sujeitos a choques de preço externos (o gás é cotado por agências de reporte de preços, nomeadamente a Argus e Platts), a existência de barreiras à entrada e os regimes que governam a utilização de instalações de armazenamento partilhadas entre os três principais operadores, em particular, a Sigás em Sines, a CLC em Aveiras e a Pergás em Perafita/Matosinhos, a partir das quais se faz grande parte da logística de importação e transporte do GPL destinado à distribuição em garrafa". 

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola