Número total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

SINAIS DE FOGO – OS PIRATAS DA HOLANDA

Cinco conhecidos piratas portugueses – Soares dos Santos, Américo Amorim, Pedro Queiroz Pereira, Belmiro de Azevedo e o filho Paulo – abocanharam 839 milhões de euros no final de 2015. Tal aconteceu por uma simples razão: escolheram a Holanda para instalar as falsas sedes das suas empresas. Assim só pagam 5% de impostos.

A Holanda também ganha com a chico-espertice lusa: 500 milhões de euros! A revelação foi feita pelo insuspeito “Negócios”. À Holanda basta-lhe ser o útero de aluguer das empresas portuguesas que integram o PSI 20.

O jornal assevera, também, que no final de 2015 foram distribuídos 2,23 milhões de euros, sendo que 2/3 desse montante não pagou a taxa liberatória portuguesa de 28% mas apenas 5%. Tal qual estipula a lei holandesa.

A família de Soares dos Santos embolsou 461,7 milhões de euros com o “jackpot” holandês, sendo que Pedro Queiroz Pereira surge em 2º lugar com 208 milhões de euros. Américo Amorim é o terceiro com 120 milhões, enquanto Belmiro e o filho ganharam 50 milhões.

Não admira, pois, que todos estes piratas ocupem o topo da lista dos mais ricos do país e vejam as suas contas  bancárias   engordar, dia após dia, apesar de milhares de compatriotas terem sido atirados para o desemprego e a emigração.

Além de  fintarem  o  estado  português,  estes piratas ainda têm o desplante de clamar contra um ordenado mínimo de 530 euros e enchem os ecrãs das televisões e as páginas dos jornais com lições de (falsa) moral.


São piratas, sim senhor,  pois enriquecem à custa de outrem por meio malandro e velhaco.

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola