Número total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Lápides de quem morreu com bom humor.

Podem ser estranhas, podem até parecer mórbidas. Mas quem entra num cemitério não consegue contar as gargalhadas quando se depara com estas lápides.
"Vão-se embora, estou a dormir".
"A minha mulher... viveu como uma princesa... viajando pelo mundo com o melhor de tudo quando eu fiquei cego. Tentou envenenar-me. (...) Não a vou ver no céu porque de certeza que foi para o Inferno!".
"Preferia estar em Acapulco".

 "Eu fui alguém".
"Tenham medo. Tenham muito medo".
"Eu sabia que isto ia acontecer".
"Eu NÃO vou voltar depois desta mensagem".
 "Aqui jaz um ateísta. Todo bem vestido e sem sítio para ir".
"Aqui jaz o meu marido Tom. Agora sei onde ele fica à noite".
"Comerciante, cervejeiro, boémio, cesteiro e pescador. Está aqui contrariado".

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola