Número total de visualizações de página

sábado, 5 de setembro de 2015

PAR - Plantaforma de Apoio aos Refugiados

http://www.refugiados.pt/
Rui Marques, mentor da iniciativa que quer ser uma alternativa aos centros de acolhimento, que podem funcionar como "guetos", prefere concentrar-se nos primeiros 1500 refugiados que deverão chegar a Portugal. “Comecemos pelo primeiro antes de falarmos do 1501, 1502 ou 1503.”
A PAR é uma iniciativa que está a ser liderada por Rui Marques, presidente do Instituto Padre António Viera. Em poucos dias, tem congregado várias instituições sociais que estão dispostas a receber refugiados, numa altura em que “está em curso a maior crise de refugiados/migrantes desde a II Guerra Mundial”, nas palavras do ex-Alto Comissário para aImigração.

A lista, disse Rui Marques nesta sexta-feira, não pára de crescer, hora a hora, com instituições como a Cáritas Portuguesa, a Confederação Nacional de Instituições de Solidariedade (CNIS), a Comunidade Islâmica e muitas, muitas outras.
A PAR vai seguir um modelo onde não há centros de refugiados. “É um modelo de integração comunitária”, sem prejuízo de se poder ponderar a existência de um centro de transição entre a chegada e a ida para as localidades, mas com carácter de curtíssima duração.

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola