Número total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de maio de 2015

"EDP" atenção




No dia 29 de Agosto, pelas 18h, bateu-me à porta 1 homem que se dizia da EDP. Disse que vinha mudar a hora e a data do meu contador, que dizia estarem errados e a desfavor do cliente (a propósito da pressão feita pela Deco sobre o bi-horário). Quando o mandei entrar (ele ainda teria que subir umas escadas até à porta de casa), apareceu outro atrás dele com uma mala grande e preta. Não dizia nada! 

Ambos homens baixos e morenos, normais. Foi com a vinda do segundo homem que comecei a achar estranho. Dois homens para mudar a data e a hora do contador? Se não for uma anedota, então é estranhíssimo. Perguntei de imediato se estavam identificados ao que um deles respondeu que estava na empresa há uma semana e que por isso ainda não tinham tido tempo de lhe fazer uma chapa identificativa (na verdade, o outro homem também não tinha). Educadamente pedi-lhes desculpa e disse-lhes que nessas condições não poderia deixá-los entrar. 

O homem tentou ainda dissuadir-me mas acabou por dizer que compreendia perfeitamente. De qualquer modo disse que teria ainda que me dar um papel preenchido por ele a dizer a razão pela qual não teve acesso ao contador. Assim foi, deu-me o duplicado e disse para eu ligar para o número de apoio ao cliente que ali constava e tirar tudo a limpo (confesso que até me senti mal em desconfiar do homem que tão amavelmente falava a olhar-me nos olhos). Foi o que fizemos. Ligámos e disseram-nos que nada daquilo era verdade.

-Tinham uma carrinha de carga branca tipo berlingo, kangoo, etc com escadotes em cima (infelizmente não vi a matrícula);

-Têm uma folha A4 colada no vidro da frente a dizer:  EDP Distribuição;

- Falam imenso do bi-horário (coisa que eu nem tenho);

- Não têm coletes nem chapa identificativa;

- A folha que entregam é gémea das folhas da EDP;

- Dizem o nome completo do cliente EDP (razão pela qual não desconfiei logo);

Graças a Deus tenho uma cadela que lhes ladrou e eu disse que mordia (e morde em situações extremas) e isso fez com que se mexessem devagarinho, o que me deu tempo de pensar um bocadinho.

A EDP disse-nos para NUNCA mas NUNCA abrirmos a porta sem uma marcação feita e sem as pessoas estarem devidamente identificadas.


Não podia deixar de avisar.

Sem comentários:

A MINHA MÚSICA

Loading...

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Governo Moçambique

Governo de Macau

Governo Cabo Verde

Governo Angola